Olá, Serra Gaúcha! A serra gaúcha sem limites.

PUBLICIDADE
Cuidado! | 08/05/2017 - 10:05

Um alerta internacional sobre as dietas sem laticínios

A Sociedade Nacional de Osteoporose, na Inglaterra, lançou um relatório que aborda eventuais perigos da redução ou eliminação do leite e laticínios em geral na alimentação. Entre outras coisas, a entidade destaca que esse hábito está se tornando comum: em um pesquisa com 2 mil pessoas, um quinto dos jovens abaixo dos 25 anos removeram esses produtos do dia a dia.

 

“A dieta no começo da vida adulta é importante para os ossos. Quando chegamos perto dos 30 anos, é tarde para reverter os danos causados pela alimentação deficiente em nutrientes”, explica Susan Lanham-New, da associação britânica. “Nessa época, a oportunidade de construir ossos fortes já passou”, completa.

 

Os resultados do novo estudo dialogam com outro, também realizado em terras inglesas — mas pela Agência de Normas Alimentares, um órgão governamental. De acordo com a investigação, quase metade dos indivíduos entre 16 e 24 anos que foram questionados afirmaram possuir algum tipo de intolerância aos laticínios. Apesar disso, apenas 24% tinham um diagnóstico médico que assegurava  a presença dessa condição.

 

Segundo os membros da sociedade inglesa, o problema não é a falta de leite ou queijo, e sim a de um nutriente essencial para a saúde dos ossos: o cálcio. Um levantamento de 2012 encomendado pela Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (Abrasso) revelou que nove de dez mulheres brasileiras não ingeriam quantidades ideais do mineral. Ou seja, de 1 000 miligramas por dia antes da menopausa e de 1 300 depois dela.

 

É essencial que aqueles que não consomem laticínios procurem alternativas para assegurar a dose adequada de cálcio. Boas opções são brócolis, couve, rúcula, sementes, castanhas e leites vegetais fortificados.

 

Fonte/foto: Saúde / Divulgação

Palavras chave: alerta - internacional -

  • Comentários
    Comentários

    Comentários postados

    Nenhum comentário postado ainda, seja o primeiro a comentar!

  • Comentar

    Comentar

    Comente esta matéria







  • Envie para um amigo

    Envie para um amigo

    Envie esta notícia para um amigo









  • Fale com o Editor

    Fale com o editor

    Envie dúvidas e sugestões para o editor








Notícias relacionadas:


Vacinas depois dos 60 anos: o que é importante saber

Exames importantes para a saúde da mulher

5 fatores que estragam seus dentes e você nem imaginava

Poucas calorias e muita água: conheça os benefícios da pera


PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre o seu endereço de e-mail e receba a nossa newsleter com as notícias do Olá! no seu e-mail.



Mais notícias

Dica - 24/05/2017 | 10h12min

Vacinas depois dos 60 anos: o que é importante saber

Fitness - 18/05/2017 | 11h20min

Poucas calorias e muita água: conheça os benefícios da pera

Anote! - 16/05/2017 | 14h36min

5 fatores que estragam seus dentes e você nem imaginava

Cuidados! - 27/04/2017 | 14h47min

Exames importantes para a saúde da mulher

Anote! - 19/04/2017 | 14h04min

Estratégias para evitar o sono quando estiver dirigindo

Medicina - 17/04/2017 | 17h29min

Vacina da gripe: o que muda em 2017

Açúcar - 06/04/2017 | 14h52min

Qual versão faz menos mal?

Alimentação - 04/04/2017 | 14h04min

5 motivos para você comer mais sardinha

Alerta! - 03/04/2017 | 11h33min

Conheça os mitos e verdades sobre a caxumba

Nota de Esclarecimento - 23/03/2017 | 10h33min

Dentistas podem sim realizar a bichectomia