Olá, Serra Gaúcha! A serra gaúcha sem limites.

PUBLICIDADE
Bento Gonçalves | 11/07/2018 - 13:55

Palestra sobre poluição visual e educação patrimonial no dia 27 de julho

Lojas, escritórios, edifícios residenciais e monumentos mesclam-se pelas ruas das cidades criando o energético ambiente urbano – mas também, algumas vezes, o caótico cenário de poluição visual, resultado da falta de planejamento.

 

Reconhecendo a pertinência dessa reflexão, a AEARV traz a Bento Gonçalves representantes do movimento Limpa Caxias para uma palestra que discutirá esses temas pelos vieses de criatividade, empreendedorismo, urban age e educação patrimonial contextualizados no cenário de Bento Gonçalves. O encontro tem vagas limitadas e está agendado para o dia 27 de julho no restaurante Sapore & Piacere (Dr. Casagrande, 500), a partir das 18h.

 

“A palestra irá provocar os participantes a se questionarem sobre o papel que querem ter no cotidiano de suas cidades. Serão protagonistas ou coadjuvantes? Ativos ou passivos? Que agem ou que reagem?”, adianta o designer e idealizador do movimento Limpa Caxias, Tiago Fiamenghi. “Vejo que em termos urbanos, Bento e Caxias são muito parecidas. Com exceção da rua da Prefeitura (onde a fiação foi aterrada), a cidade possui problemas comuns em médios e grandes centros urbanos, como excesso de fios em postes, comunicação visual e fachadas por vezes exageradas. Em paralelo, Bento já possui algumas ciclovias (ao menos no final de semana), além da própria rua onde a fiação é subterrânea. São pequenos exemplos que demonstram que, sim, é possível humanizar a relação entre cidade e cidadãos”, avalia.

 

Além de Fiamenghi, também ministrarão a palestra a arquiteta Clarissa Zanatta e o fotógrafo Gustavo Juber – membros do movimento Limpa Caxias. As inscrições poderão ser feitas pelo e-mail aearv@aearv.com.br, custando a doação de um quilo de alimento não perecível para associados à Aearv e à Ascon Vinhedos e R$ 80 para não associados.

 

Sobre o Limpa Caxias

O Limpa Caxias surgiu em 2012, com a aprovação da lei municipal que previa a regulamentação da comunicação visual em Caxias do Sul (Lei Complementar nº 412). No início, era apenas uma página no Facebook mostrando o antes e depois de algumas edificações que estavam "limpando" suas fachadas. Rapidamente o projeto se popularizou e passou a promover ações referentes ao combate à poluição visual e à educação patrimonial. O movimento acredita em uma cidade humanizada, que valorize e resgate a sua história e promova um ambiente mais harmônico e agradável para a sociedade.

 

Fonte: Exata Comunicação

Foto: Divulgação


  • Comentários
    Comentários

    Comentários postados

    Nenhum comentário postado ainda, seja o primeiro a comentar!

  • Comentar

    Comentar

    Comente esta matéria







  • Envie para um amigo

    Envie para um amigo

    Envie esta notícia para um amigo









  • Fale com o Editor

    Fale com o editor

    Envie dúvidas e sugestões para o editor








Notícias relacionadas:


Cinema do Sesc terá programação especial na Semana do Rock

Festival Nacional do Vinho Colonial inicia neste sábado em Bento Gonçalves

Mais de 6 mil pessoas participaram do terceiro fim de semana do FestiQueijo

Hoje é dia de Rock em Farroupilha

Shows animam último final de semana da Feira de Inverno

Laboratório da FSG presta serviço de exames laboratoriais à população

Sapiens Espaço Educacional inaugura em Bento Gonçalves

Será inaugurada nesta quinta-feira agroindústria que produz suco de uva

Festival Nacional do Vinho Colonial inicia neste sábado

Semana começa com chuva no Estado

Último final de semana para compras na Feira de Inverno

Concurso dos Melhores Vinhos e Sucos inicia fase de análise sensorial

Nova Petrópolis é a cidade da diversidade cultural até 29 de julho

Pedal do FestiQueijo é neste domingo

Certificados os primeiros vinhos brasileiros em boas práticas na produção


PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre o seu endereço de e-mail e receba a nossa newsleter com as notícias do Olá! no seu e-mail.