Olá, Serra Gaúcha! A serra gaúcha sem limites.

PUBLICIDADE
Artesanato | 27/09/2010 - 15:38

Mundo da Vela encanta visitantes em Canela

Mais de 400 tipos de velas feitas artesanalmente podem ser encontradas na loja e fábrica

Manuela Teixeira Técnica de esculpimento de vela é única no Brasil e foi introduzida por Astrid Niewöhner. Técnica de esculpimento de vela é única no Brasil e foi introduzida por Astrid Niewöhner. Técnica de esculpimento de vela é única no Brasil e foi introduzida por Astrid Niewöhner.

Canela encanta pelas belezas naturais e eventos, atraindo visitantes o ano inteiro. Mas tem mais, o município é também sede de um mundo mágico. O Mundo da Vela. Há 15 anos, a loja e fábrica Flâmmi Mundo da Vela trabalha com uma técnica de esculpimento de vela única no Brasil.

 

Mais de 400 tipos de velas feitas artesanalmente podem ser encontradas na loja e fábrica em Canela. A proprietária, Astrid Niewöhner, conheceu a técnica nos Estados Unidos e levou dois anos para desenvolvê-la, baseada no que havia observado e em livros que estudou. Segundo ela, é necessário preencher três quesitos para a aplicação da técnica. “O primeiro é a dedicação, trabalhar com o coração. O segundo é um balcão térmico e o terceiro é estar situado em uma cidade turística”. Foi o terceiro fator que a levou a escolher Canela. “Canela é também uma cidade aconchegante, familiar e receptiva”, completa.

 

Produção de vela ao vivo

 

O trabalho artesanal permite uma infinidade de possibilidades de criação. Ao acompanhar a produção ao vivo de uma vela, o visitante pode levar para casa uma peça única, personalizada de acordo com as suas cores preferidas. Não há quem não se encante com a técnica que transforma uma vela de parafina numa peça colorida e rica em detalhes esculpidos a mão.

 

O processo de criação tem início com uma peça básica (constituída de parafina e pavio), que é mergulhada numa parafina aquecida a 85º, que contém a tinta que dará cor à vela. Esta é aquecida através de uma balcão térmico com 10 cubas (espécie de panela onde vão as parafinas coloridas). As tonalidades da vela se obtém a partir da mistura destas cores.

 

Após ser mergulhada na parafina aquecida, a peça é mergulhada em água fria. Tal procedimento é repetido cerca de 50 vezes. É a água fria que baixa a temperatura da vela e permite que uma nova camada de parafina aquecida se sobreponha.

 

Ao finalizar esta etapa, é hora de esculpir o objeto. Três minutos é o tempo em que a vela fica maleável para o esculpimento. Surge, assim, uma das peças que transformou Canela no Mundo das Velas.

 

A loja e fábrica Flâmmi Mundo da Vela se localiza na Rua Júlio Fúlvio Schmitt, 90, a seis quadras da Catedral de Pedra. O telefone de contato é (54) 3282 7592.


  • Comentários
    Comentários

    Comentários postados

    Nathalia Andrade -  Vou fazer uma festa e não gostaria que muita luz e pensei em suportes com vela. Gostaria de saber se você tem um tipo de vela, suporte que eu possa botar no teto para iluminação ? 

  • Comentar

    Comentar

    Comente esta matéria







  • Envie para um amigo

    Envie para um amigo

    Envie esta notícia para um amigo









  • Fale com o Editor

    Fale com o editor

    Envie dúvidas e sugestões para o editor







PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre o seu endereço de e-mail e receba a nossa newsleter com as notícias do Olá! no seu e-mail.



Mais notícias

Educação - 21/10/2014 | 16h41min

Cetec realiza processo seletivo para ingresso de estudantes em 2015

Taquari - 21/10/2014 | 16h40min

Corsan inicia obras de expansão da rede

Infraestrutura - 21/10/2014 | 16h35min

Garibaldi inaugura ligação asfáltica entre São Jorge e Santo Alexandre

Educação - 21/10/2014 | 11h14min

Emef Ouro Verde conscientiza alunos sobre sustentabilidade e preservação

Meio Ambiente - 21/10/2014 | 11h10min

Novo código florestal é debatido em Bento

Educação - 21/10/2014 | 11h08min

UCS informa relação dos estudantes inscritos no Enade 2014

Caridade - 21/10/2014 | 11h05min

As Panteras: por uma causa maior

Bento Gonçalves - 21/10/2014 | 11h02min

Campus do IFRS comemora 55 anos

Eventos - 21/10/2014 | 10h55min

Escolha das Soberanas da Fenachamp 2015 ocorre na sexta-feira

Meio Ambiente - 21/10/2014 | 10h51min

Moradores do Municipal reclamam do acúmulo de lixo