Olá, Serra Gaúcha! A serra gaúcha sem limites.

PUBLICIDADE
Cidadania | 20/03/2017 - 11:16

Eficiência Energética da RGE faz doação de lâmpadas em Farroupilha

A Gerência de Eficiência Energética da Rio Grande Energia (RGE) iniciou, nesta segunda-feira (20) a doação de 3.256 lâmpadas com tecnologia LED à comunidade de Farroupilha.

 

A ação do Programa de Eficiência Energética (PEE) vai beneficiar 814 famílias da cidade e tem um investimento de R$ 105 mil. Cada Unidade Consumidora contemplada pelo PEE será visitada por um agente do projeto Comunidades Eficientes e poderá fazer a troca de até quatro lâmpadas convencionais pelos novos modelos. Toda a ação vai gerar uma economia de 164,43 MWh/ano, o que é suficiente para abastecer 69 casas durante 12 meses.

 

Outro ganho à população é evitar que 22 toneladas de CO2 sejam lançadas na atmosfera, o que ocorreria com o uso das lâmpadas convencionais. Além de fazer a doação das novas lâmpadas, a RGE faz o recolhimento das antigas e encaminha para o descarte adequado, a fim de mitigar danos ao meio ambiente. Durante as visitas, as famílias também recebem um material explicativo sobre o tema Eficiência Energética e dicas sobre como utilizar a energia elétrica de forma mais adequada. Uma lâmpada incandescente, em média, tem vida útil de 750 horas, as fluorescentes de 6 mil horas e as de LED podem passar das 20 mil horas. Conforme Odair Deters, coordenador do Programa de Eficiência Energética da RGE, a companhia faz ações para que auxiliem na economia das famílias. “O Programa de Eficiência Energética tem como objetivo criar a cultura do uso racional da eletricidade por meio de equipamentos que gerem economia”, afirma Deters.

 

Sobre o Programa de Eficiência Energética

O projeto faz parte do Programa de Eficiência Energética da Rio Grande Energia (PEE - RGE), existente há 16 anos e elaborado de acordo com as regulamentações do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O PEE-RGE tem como objetivo combater o desperdício de energia elétrica, a partir de ações como: substituição de equipamentos ineficientes, doação de lâmpadas, adequação da entrada de energia de consumidores irregulares, dentre outros. Com um investimento de mais de R$ 162 milhões em 86 projetos realizados ao longo do período, o resultado foi de uma demanda evitada de 84.783 kW e de energia conservada de 286.013 GWh/ano, desde 2001.

 

Fonte/foto: Setor de Imprensa / divulgação


  • Comentários
    Comentários

    Comentários postados

    Nenhum comentário postado ainda, seja o primeiro a comentar!

  • Comentar

    Comentar

    Comente esta matéria







  • Envie para um amigo

    Envie para um amigo

    Envie esta notícia para um amigo









  • Fale com o Editor

    Fale com o editor

    Envie dúvidas e sugestões para o editor








Notícias relacionadas:


Caxias do Sul promove campanha que reduz 44% do vandalismo contra contêineres de lixo

Suco de uva 100% é pauta em programa da Rede Globo

RS terá predomínio de sol e tarde agradável nesta sexta-feira

Fundação Proamb apresenta projeto de modernização da planta de coprocessamento

Vai começar a coleta de amostras para o Concurso dos Melhores Vinhos e Sucos de Uva

Curso para Bombeiro Civil com matrículas abertas somente nesta sexta-feira

FestiQueijo toma forma no Salão Paroquial de Carlos Barbosa

Última semana para conferir a Feira dos Países no Iguatemi Caxias

Carlos Barbosa promove a Campanha do Agasalho 2017

Casa de Passagem Carlos Miguel dos Santos festeja seu 20º aniversário

Loteamento São Gabriel receberá a próxima edição do Caxias Mais Feliz

Economista Roberto Troster palestra no 27º Congresso da MOVERGS

Prefeito de Carlos Barbosa recebe as soberanas do 6º Festipizza

Caxias do Sul debate a prevenção ao uso de drogas, com programação até sábado

Na Rua Nunca Mais lança campanha de adoção de cães


PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre o seu endereço de e-mail e receba a nossa newsleter com as notícias do Olá! no seu e-mail.