Olá, Serra Gaúcha! A serra gaúcha sem limites.

PUBLICIDADE
Benefício | 04/07/2012 - 15:59

Comissão de Trabalho da Câmara aprova 36 horas semanais para garis

Proposta prevê manutenção dos salários, mesmo com a redução da jornada

Leonardo Prado/Divulgação Parecer de Assis foi aprovado por unanimidade. Parecer de Assis foi aprovado por unanimidade.

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, aprovou nesta quarta-feira, 4, por unanimidade, o parecer do deputado Assis Melo (PCdoB-RS) ao Projeto de Lei (PL) 1590/2011, que estabelece a jornada máxima de seis horas diárias e 36 horas semanais para os garis e os motoristas responsáveis pela condução do veículo coletor de lixo. O autor do projeto é o deputado federal Roberto Santiago (PSD-SP).

 

A proposta original previa benefício apenas os encarregados pela coleta de lixo e os motoristas do caminhão. Assis manteve os motoristas de caminhão e modificou a denominação de encarregados de lixo para gari. "a alteração vai permitir que os varredores, capinadores e roçadores, que também são responsáveis pela limpeza e manutenção das vias e espaços públicos de nossas cidades tenham também a jornada de trabalho de seis horas", explicou o parlamentar caxiense.

 

A nova proposta garante a manutenção dos salários, mesmo com a redução da jornada de trabalho. O projeto segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ).


  • Comentários
    Comentários

    Comentários postados

    Nenhum comentário postado ainda, seja o primeiro a comentar!

  • Comentar

    Comentar

    Comente esta matéria







  • Envie para um amigo

    Envie para um amigo

    Envie esta notícia para um amigo









  • Fale com o Editor

    Fale com o editor

    Envie dúvidas e sugestões para o editor







PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre o seu endereço de e-mail e receba a nossa newsleter com as notícias do Olá! no seu e-mail.