23/02/2015 - 11h07min

As voltas da vida!

Bom dia meus amigos,

 

Espero que estejam bem?

 

Muitas vezes o que acontece conosco não muda muito do que acontece com o nosso vizinho, com o nosso colega de trabalho, com o nosso primo rico da cidade grande e com tantas outras pessoas que não conhecemos.

 

Trabalhamos, estudamos, nos divertimos, rimos, dormimos, comemos, sofremos das mesmas ansiedades, temos problemas em casa, como todas as outras pessoas, e não me diga, qualquer um que for que não o tem, pois é um tremendo blefe. Enfim, temos uma rotina, as vezes não tão regrada, as vezes saímos da dieta, as vezes bebemos demais, as vezes brigamos com pessoas que amamos, sem querer, sem ter a real intenção.

 

E numa dessas falhamos, e ficamos nervosos, estressados, desiludidos, tristes, abatidos. Não que se queira ficar assim, mas é inevitável. Temos de ter em mente o que fizemos, o quanto nos empenhamos, quão bom foi nosso desempenho, quanto tentamos e tentamos de novo e mais uma vez. Como dito anteriormente todos temos problemas. E coisas pendentes em suas vidas, alguns mais que outros, algumas contas pendentes que não gostariam de ter, amigos que não correspondem em alguns aspectos, o salário que não é o desejado, um cargo que não te faz feliz, uma briga na família.

 

Mas apesar disto tudo precisamos saber nos moldar a determinadas situações e sempre buscar o melhor em tudo, se hoje passamos por uma tempestade, amanhã ela será a calmaria na beira do mar. Óbvio que não cairá do céu, temos de correr atrás de algumas coisas, temos de deixar de lado outras, mas o importante é estar sempre em movimento.

 

Movimento para frente, buscar o melhor, tentar ser cada dia melhor!

 

Abração! E uma semana abençoada!

Simone Scussel

 

=D


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
26/01/2015 - 10h01min

A regra da vida, mudar-se!

Bom dia meus amigos,

 

Começo esta semana com textinho novo! Espero que gostem!

 

Já pensaram que maluco que seria se tudo que fizéssemos desse certo e sairia perfeitamente do jeito que planejamos? Seria no mínimo ótimo! Maravilhoso! Estupendo!

 

Mas como em todos as situações da nossa vida, tudo tem o outro lado da moeda, geralemente são estes erros que cometemos, com os tropeços que damos, que aprendemos muita coisa. Parece ironia, mas não é, precisamos realmente errar para ter uma babagem, ter um conhecimento e para acertarmos na próxima vez.

 

Contudo, existem pessoas que permanecem a vida toda no erro, e o sabem que estão fazendo de forma equívoca e o pior de tudo mentindo para si mesmo. Afinal o pior cego é aquele que não quer ver. Temos plena ciência que errar é normal, afinal se até as máquinas, que são programadas pra fazerem tudo certo as vezes dão pane, imagina nós, com milhões de pensamentos em nossas mentes.

 

O que nos diferencia é saber a hora certa de mudar, de ver que aquilo não deu certo, que devemos abandonar o barco, que devemos tomar novos rumos para a nossa vida. Quem sabe trocar de emprego, quem sabe fazer uma viagem, quem sabe deixar de lado aquele super amigo que nada contribui na sua vida. Existem N maneiras, basta você descobrir o que está realmente necessitando.

 

Mudar é normal, mas o mais normal ainda é mudar para a melhor. Quando vejo isso nas pessoas prõximas de mim, fico muito feliz.

 

Que tal começarmos esta segunda feira, mudando algo que tem nos incomodado?

 

Abração!

Simone Scussel

 

 

A dita da hora da mudança, nos deixa confuso!


Comentários postados (3) - Deixe seu comentário
13/01/2015 - 10h44min

Somos sempre o que desejamos para os outros!!!

 

Bom dia meus queridos amigos, leitores e seguidores,

 

Queria desejar um ótimo, feliz e esplendoroso ano de 2015, que venha com muito amor, felicidade e coisas boas!

 

Este é o primeiro texto de 2015, porque acho que sempre é bom começar com algo positivo..

 

Sim, somos o que desejamos, porque quando passamos pelas pessoas e dizemos BOM DIA, é porque de alguma forma ou de outra estamos também querendo ter um ótimo dia, que as boas nos aconteçam e que bons agouros nos cerquem.

 

Quando dizemos um ótimo 2015, queremos que o ano para esta pessoa seja fenomenal, mas muito além disso, não só o dela, queremos que o nosso seja fantástico, queremos que seja cada vez melhor e procuramos isso através das palavras e das ações.

 

Quando desejamos que a pessoa tenha sorte quando for fazer algo desafiador, é que desejamos acima de tudo que esta sorte nos cerque e nos faça escolher os melhores caminhos..

 

Sou da opinião que atraímos o que estamos emitindo, somos um reflexo, se desejarmos o bem, estaremos recebendo mais bem ainda, se dermos amor incondicional as pessoas que nos cercam, estaremos sendo mais amados ainda, se transmitirmos paz a quem a necessita, estaremos também cercados por ela.

 

Por isso neste novo ano que está apenas começando e que promete muita coisa boa, que pelo menos tentemos nos aproximar cada vez mais de pessoas positivas, ter mais sentimentos bons no coração e ajudar ao próximo. É uma dica infalível ainda dos antigos e sempre deu certo, porque não pô-la em prática?

 

Abração!

Simo

Alegria Alegria em 2015


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
11/12/2014 - 21h12min

Aquela velha opinião formada sobre tudo?!

Boa noite meus amigos!

 

               Acho que cada coisa que fazemos em alguma hora da nossa vida terá um propósito ou mesmo uma definição, desta vez me deparei com a leitura gostosa de um livro realmente muito bom. Que conta a história de uma menina que foi abandonada pela mãe que tinha sérias recaídas nas drogas e que se apaixonou pelo irmão gêmeo de sua melhor amiga. E de repente tudo muda. Tudo mesmo. (Vale a pena ler, não vou contar a história.. hehehehe! O caminho para Casa,  Kristin Hannah).

 

               Mas e se pararmos para pensar um pouco, na nossa vida também é assim, muitas coisas nos pegam de surpresa e nos trazem coisas boas ou nem tão boas assim. E mesmo assim devemos sempre estar pronto a mudanças, afinal ninguém quer ter aquela velha opinião formada sobre tudo, já dizia Raul Seixas.        

 

               Eu não sei vocês, mas sempre no final de ano é esta época, na verdade seria sempre, mas raramente nos damos este tempo para refletir, o que temos feito? o que deixamos de fazer? o que estamos fazendo para os outros? o que estamos desejando é saudável? o que estamos almejando pode-se ir buscar? Todos estes questionamentos que garanto estar presentes na vida de todos.

 

               Os desafios estão ali para mostrarmos que conseguimos que podemos fazer isso, que do princípio achávamos o fim, hoje já é bem mais palpável, as pessoas que julgamos na primeira vista, já se tornaram melhores ou demonstraram seu verdadeiro eu.  Por isso se for pra chorar não tenha vergonha, se for pra rir, ria alto e até doer a barriga, se for pra ajudar ajude de coração aberto e sem esperar algo em troca, se for pra amar, ame de verdade, até porque não existe amor pela metade. Se for pra ser alguém, seja você mesmo na sua melhor versão! E sempre acredite que dias melhores estão por vir, pessoas melhores estão por cruzar nossos caminhos, ensinamentos melhores.

 

               Por isso, queria desejar muita reflexão e muita força para seguirmos apesar de todos os obstáculos, por maiores que sejam.


 

Abração e uma semana maravilhosa!

Simone Scussel

 


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
29/11/2014 - 15h57min

El Chavo del Ocho

Boa tarde amigos, 

 

Hoje paro e penso o que levamos da vida? Acho que essa pergunta, alguma fase de sua vida, todos já a fizemos para nós mesmos, como uma auto reflexão.

 

E vem essa notícia do falecimento do nosso querido e amado Chaves, Chespirito, Roberto Bolaños ou como queiram chamar. Essa pessoa que só uniu famílias ao redor da tevê para assistir a suas palhaçadas inocentes e que divertiam desde os mais jovens até os nonos! Duvido quem não sentiu uma mínima dorzinha no coração!

 

Incrível, hoje temos uma infinidade de tecnologias e acesso a informação, mas não chegaram a fazer algo que apesar de algumas vezes estar desatualizado nos divirta tanto. O apelo sexual nunca foi exibido em seus programas, como podemos ver em inúmeros que hoje são "sucesso". Entre ontem e hoje vi diversos dos meus amigos e colegas postarem em suas redes sociais, vá com Deus, tu fez minha infância mais feliz. Sabem por quê? Porque hoje o mais é menos. 

 

O menos que ele mostrava eram as coisas simples, como ter bons amigos, poder comer um sanduíche de presunto, poder fazer piadas para os demais rirem, desculpar-se e dizer que foi sem querer querendo. Disse-nos também que as pessoas boas devem amar seus inimigos, que frase mais linda e que toca quem a lê, pois num primeiro momento devem pensar, até parece ser tão simples assim amar aos inimigos, mas esquecemos que muitas vezes o que eles realmente precisam é um pouco de amor.

 

Tomara que possamos valorizar este programa que tanto nos ensina e que foi traduzido para mais de 55 idiomas e que saibamos fazer o que este incrível ator, compositor, comediante e escritor nos ensinou, amar as coisas simples e saber dar valor aos pequenos prazeres da vida. Que mantenhamos viva a memória dele entre todos nós! Sempre!

 

Descanse em paz e mais uma vez obrigada por tornar minha infância até os dias de hoje algo melhor!

 

Simone Scussel


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
19/11/2014 - 11h11min

Meu avô!

 

Bom dia amigos,

Tudo bem?

 

Essa semana um fato curioso aconteceu com a minha família. Cada pessoa tem um modo de sentir saudades, de sofrer, de pensar na pessoa amada que já não se encontra mais aqui conosco. E como cada um sente diferente, cada um reage diferente e cria meios de pensar de forma distinta.

 

Meu avô que recentemente perdeu sua querida e amada esposa, umas das pessoas mais importantes que tive o prazer de conviver por muitos anos, mas como ninguém é eterno, chegou a hora dela. E ele está sentido bastante a falta dela, sente que falta um pedaço dele aqui, sente falta de acordar ao lado dela, e não digo de acordar no sentido de uma vida sexual ativa, digo de estarem juntos, de tomarem café juntos, de assistirem a missa juntos, de ele fazer várias coisas para ela e vice-versa.

 

Percebe-se isso. Ele inspira isso, mas como a vida não é feita só de tristezas, basta a cada um de nós tentarmos reiniciar. Tropeços, coisas erradas, desculpas, amores terminados de forma errada, todos tem. Cabe a nós escolhermos a melhor forma de como seguiremos em frente.

 

E por incrível que pareça, esta semana ele vai fazer algo novo que nunca fez, após tantas insistências de ir conhecer o mar, lá está ele. Compartilho com vocês primeiro porque uma pessoa muito importante disse que deveria compartilhar no meu blog, segundo não pelo fato em si, mas como apesar de já idoso (90 anos) dá sim para se reinventarmos todos os dias.

 

Se não está feliz troque. Se não te faz bem, deixe de lado. Se não te agrega, deixe o vento levar. Se não é de verdade, não queira nada que seja meio, porque meio não é bom, meio é meio, nunca vai ser algo bom ou de coração. As coisas geralmente são simples, quem complica é a nossa maldita mente.

 

Abração!

Simone Scussel

 


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
13/11/2014 - 10h11min

As coisas da vida!

 

Bom dia meus amigos,

 

As vezes precisamos silenciar

As vezes gritar

Chorar

Rir

Cantar

Dançar

Ler

Ouvir

Viver

 

Em resumo a nossa vida trata-se de uma coisa simples que nós complicamos. A vida é aquela coisa que você vai fazendo enquanto planeja, é aquele abraço inesperado, é aquele beijo roubado, é aquele almoço em família, é aquele filme no dia de chuva, é aquela ligação dizendo que serás titio, é aquele choro por uma pessoa amada que partiu para outro plano.

 

É isso e muitas coisas mais, as ligações, as pessoas que conhecemos, aquelas que adoraríamos ter conhecido melhor, porém o tempo não nos permitiu, é aquela aula que matamos pra ficar em casa comendo aquela coisa deliciosa que a mãe fez espacialmente pra ti, é comer aquela jabuticaba degustando o docinho no começo e mordendo a casca no final.

 

A vida é isso pelo simples fato de não ser complicada, temos problemas, todos temos, mas nada que não se resolva com o tempo, temos amores fracassados, amizades quebradas, pessoas que magoamos e nos magoaram, pessoas que não vemos a hora para estar próximas de novo, pessoas que nunca mais queremos ver na frente. É um vai e vem. E ainda bem que é assim.

 

Estagnação não é bom para ninguém.

 

Por isso saborear as coisas pequenas e que parecem insignificantes para outras pessoas não é feio, cada um deve saber o que lhe faz bem, o que lhe convém, o que não quer bem.

 

Abração!
Simone Scussel

 

 

 

 

;)


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
< Anterior|1234567|Próxima >
PUBLICIDADE PUBLICIDADE

Viagens do Dia a Dia

Meu nome é Simone Scussel, sou estudante de Comércio Internacional, bastante curiosa, gosto de coisas simples, viajar, ler, dançar, escrever... uma amante da vida!! Escrever é algo que me faz bem e curto muito, espero poder compartilhar com todos vocês os momentos diários que me encantam