03/08/2014 - 23h30min

Feeling

Para quem acompanha o blog sabe que eu não curto musicas rápidas, solos sem feeling. Acho um guitarrista que só consegue tocar rápido e com um metrônomo muito pobres. Sempre me faço algumas perguntas: Aonde esta a sua alma? Por que não sustentar uma nota? Porque, porque e porque? Afinal é uma forma boa muito boa pra passa pelos seus dedos o que sente no seu interior no coração e conectar se com as pessoas de forma espontânea, verdadeira.

 

Esse pensamento surgiu ao escutar algumas musicas que tenho como preferidas. Entre elas Old Love do Eric "slow hands" Clapton, Time do Pink Floyd, nessa vejo como Gilmour se dá muito bem com uma Fender, November Rain tem os solos mais incríveis que escutei, Slash foi muito feliz não composição deles e no uso dos timbres. Poderia citar inúmeras bandas, Led Zeppelin, Aerosmith, Rolling Stones, sem falar em guitarristas como BB King, Hendrix, Stevie Ray Vaughan.

 

Com isso, paro e penso na atualidade. Aonde estão as grandes composições? Sem aquele rio de notas ou notas jogadas para ganhar dinheiro. Talvez exista uma esperança, em grandes festivais estão alguns nomes que levam com sigo o sentimento de um bom compositor, Gary Clark Jr está ai, John Mayer consegue manter a chama dos grande guitarristas, afinal no ultimo Rock in Rio foi dele os únicos solos de guitarra que escutei. Dave Matthews Band também mantem o diferencial de ter conteúdo em suas composições.

 

Espero que com o tempo venha a surgir novas bandas com esse espirito.

 

cy!

 

 

 



Comentários postados


Gui - aeee jimmy! é isso ai tem q ter feeling. bom texto vlwwww

Diego - Sempre com um ótimo texto Marcio!


Deixe o seu comentário








PUBLICIDADE PUBLICIDADE

Vamos Musicar

Marcio Moraes toca guitarra desde os 12 anos e, além de guitarrista da banda Comfort Eagle, ama música. Falar, escrever e discutir sobre o assunto movem este estudante de Publicidade e Propaganda. Escrever sobre instrumentos e novas tecnologias surgidas no meio musical, trazer e falar sobre lançamentos musicais e equipamentos serão a mola propulsora deste espaço. Então, vem com a gente? Vamos musicar?