29/07/2016 - 15h07min

Botas

Botas botas botas, nos acompanham em todas as estações, mas você sabe com usar elas corretamente?

Dá uma conferida nessas dicas então!

 

CANO CURTO E SALTO ALTO


A bota de salto e cano baixo tem sido bastante usada nas últimas temporadas. Elas possuem um cano menor e o salto deixa a mulher que a usa mais charmosa e elegante. Normalmente, os modelos dessa bota são feitos de couro, mas há também em outros tecidos.

Essa é uma das botas que podem ser usadas no verão e, dependendo do modelo, podem criar tanto looks mais formais como mais casuais.

Como combinar a bota cano baixo: peças curtas, como saias e vestidos dão, além de um ar mais leve, todo um romantismo para o look. Use com meia calça caso o dia esteja mais fresco.

 

Estilo Ankle Boots:

A bota com o cano curtinho, abaixo do tornozelo, e salto alto é chamada de ankle boot. Essa é a bota perfeita para usar em eventos mais formais, já que se assemelha mais a outros modelos de sapatos do que os outros modelos de bota.

Dando um toque de refinamento ao visual, a ankle boot pode ser usada tanto no verão quanto no inverno e fica boa para trabalhar, como também para a balada.

Como combinar ankle boot: para criar visuais modernos, use-a com vestido. Se quiser ficar mais feminina, combine com peças mais românticas. Para looks casuais, a bota fica ótima com jeans.

Estilo Open Boot:

Muito semelhante a ankle boot, a open boot só se difere do modelo anterior por possuir abertura na ponta dos dedos, assim como os peep toes. Dê um toque de sofisticação e sensualidade ao seu look ao acrescentar a open boot.

A open boot é um pouco mais ousada e um pouco menos formal do que a bota anterior, por isso é perfeita para baladas e quando quiser criar looks mais rocker.

Como combinar open boot: ela também fica perfeita com peças curtas como saia e vestidos e pode ser usada em dias mais quentes, já que a abertura e o cano curto ajudam o sapato a ficar mais leve.

 

 

CANO ALTÍSSIMO ACIMA DOS JOELHOS

A mais poderosa entre todas as botas, a over knee, que significa acima do joelho, é a bota com canos justos e longos e saltos altíssimos. Para usá-la, muita personalidade e sensualidade são necessárias para criar seu look fatal.

Nem todas as mulheres são adeptas a esse tipo de bota, já que é necessária muita personalidade para encará-la. Mas, caso você queira sair do tradicional e criar um visual impactante, essa é a bota. Modelo para quem quer chamar a atenção. As botas superlongas - ou botas calças - exigem um corpo esbelto e pernas finas.

Como usar over knee: com vestidos e saias, a bota fica bastante feminina, já com calças skinny ou legging, o look fica extremamente moderno.



CANO ALTO

Estilo com salto:

A bota de cano alto e salto é um dos mais tradicionais modelos de bota. O seu cano é longo, mas não chega ser acima do joelho, e o salto pode ser fino ou plataforma. Também tem alguns detalhes, como fivela, e é facilmente confundida com a bota de montaria.

Ela vai bem com muitos estilos por ser uma bota mais clássica e possuir alguns modelos diferentes. Botas de canos mais longos devem ser usadas durante o inverno, pois são muito quentes para dias de calor.

Como combinar a bota cano alto: os vestidos aqui também são boas opções, mas essas botas também ficam perfeitas quando usadas com calças. Se quiser alongar sua silhueta, dê preferência a calças da mesma cor da bota.

 

Estilo cano alto Flat:

A bota cano alto flat é aquela que tem o cano acima do joelho, assim como a over knee, mas não tem salto. Ela é ótima para imprimir estilo a qualquer look, mas tome cuidado caso você seja baixinha, pois ela pode te achatar.

Dê preferência para usá-la no inverno, já que por conta do cano alto ela esquenta bastante. Quando quiser causar a impressão de ousadia e criar looks confortáveis e ao mesmo tempo sexy, essa é a bota ideal.

Como combinar bota cano alto flat: a combinação perfeita com essa bota é com peças curtas e ultrafemininas. Também fica ótima com calças skinny e legging.

 

Estilo Montaria:
As botas montaria usadas originalmente por praticantes de hipismo, por isso, suas características são cano mais alto e a fivela. Hoje vemos uma grande variedade de bota deste estilo, já que ela é uma das preferidas das mulheres. As mais tradicionais são confeccionadas com couro preto ou marrom e não possuem salto alto.

Essa é uma bota mais usada em dias frios, já que costuma ser bem quente. A montaria combina com mulheres de vários estilos e é bastante tradicional entre os modelos de bota.

Como combinar a bota montaria: A bota montaria fica perfeita em uma combinação com legging da mesma cor da bota, mas também cai bem com vestidos e shorts jeans com meia calça.

Seu uso é sempre mais esportivo: com calças e todos os comprimentos de saias

 


CANO CURTO E SALTO BAIXO

Estilo de bota superesportivo. As clássicas usam com calças compridas, já as modernas preferem usar com calças, saias, vestidos e até shortinhos

 

Estilo Biker:

A bota biker é bastante semelhante ao modelo montaria, o que as difere é, principalmente, o tamanho do cano, já que a biker possui um cano menor, mais próximo do tornozelo do que do joelho. A inspiração para essas botas foram as usadas por motoqueiro e, por isso tem um estilo mais rocker e trazem detalhes como tachas e fivelas.

Essa também é um dos modelos mais populares e, por isso, combina com mulheres de vários estilos e idade, basta saber com o que combinar.

Como combinar a biker: combine com peças delicadas para fazer looks mais modernos e com jeans para ocasiões casuais.

 Estilo Chelsea:

O modelo chelsea é bastante característico, com cano curto e elástico na lateral. Não é um dos modelos mais populares, mas traz bastante estilo à mulher que usar. As botas chelsea foram inspiradas em modelos da Era Vitoriana e também foram popularizadas pelas próprias inglesas nos anos 60.

Elas são bastante confortáveis e, ao mesmo tempo, estilosas. Por isso, se o que você procura é uma bota diferenciada, com certeza essa é a melhor opção. Também combina com mulheres de estilo boho.

Como combinar chelsea: para não ter erro, use a chelsea com vestidos, saias e shorts, conferindo um estilo mais leve e veraneio ao seu visual.

Estilo Coutry:

As botas country são aquelas inspiradas nos modelos usados pelos cowboys. Têm um cano mediano e possuem alguns detalhes mais marcantes, como o bico fino. Com sua popularização, a bota ganhou modelos mais simples, mas que continuam imprimindo um estilo bastante característico a mulher que a usa.

Para fugir do estilo cowgirl, basta fazer combinações que fujam desse estilo e partir para um visual mais despojado e moderno.

Como combinar a bota country: para criar looks mais arrumados, combine com jeans e camisa. Já para looks mais despojados, a dica é dar preferência para shorts e camisetas.

Estilo Cano Baixo Flat:

Essa é uma das botas mais versáteis, já que não se limita a apenas um estilo. Ela pode vir com diversos detalhes, como franjas, fivelas e tachas, desde que não tenha salto e o cano seja curto, essa será uma bota cano baixo flat.

Bastante confortável, ela é ideal para mulheres que querem imprimir um estilo moderno ao seu look básico. Por isso, prefira modelos estilosos e atuais.

Como combinar a bota cano baixo flat: essa bota fica ótima com muitas peças, a combinação vai depender do estilo que você quiser passar. Por ser de cano baixo, é ótima para usar no verão com shorts estiloso e uma blusa mais básica.

 COTURNOS

 

Ela possui um cano médio na maioria das vezes e sua característica mais marcante é o cadarço, indispensável nesse modelo que tem no couro o seu principal tecido.

Este tipo de bota tem personalidade própria - é jovem, desafiador e traz um gostinho de rebeldia, mesmo depois de ter sido usada pela primeira vez no cenário grunge dos anos 1990. As mais jovens podem optar por roupas estilo rock, punk e grunge, que combinam perfeitamente com o look preto e pesado do calçado. Quem quer mudar, pode usá-lo para quebrar o romantismo de vestidos florais e fluidos.

Por causa do cadarço, o coturno acaba sendo uma bota um pouco mais grosseira e, por isso, combina com mulheres de personalidade.

 

BOTAS FRANZIDAS

 
Assim como os coturnos, dão equilíbrio para quadris pesados. Aliás, sapatos delicados sempre fazem a silhueta parecer maior. Use com calças ou meias grossas, de preferência escuras, para manter o foco nas botas.

BOTAS COM FRANJAS

 
Também entram na categoria das que dão equilíbrio para os quadris mais pesados. As curtinhas podem ser usadas com calças skinny, leggings ou até mesmo minissaias. As mais altas ficam bem por cima de jeans ou meias grossas e saias.

 

GALOCHAS

 
As galochas são aquelas botas que foram criadas para evitar que as pessoas molhassem os pés em dias chuvosos. No entanto, ela acabou ganhando a preferência das mulheres e hoje além de ser uma bota útil é também um bota moderna. A galocha se tornou uma bota estilosa, confeccionada em plástico de várias cores e com alguns detalhes, ela possui normalmente um cano mais longo, próximo ao joelho.

As mulheres que quiserem usar esse tipo de bota devem dar uma cara despojada e jovial ao look, combinando com peças coloridas e estampadas para fazerem o visual perfeito com a galocha.

Como combinar galocha: por ser feita de plástico, a galocha é uma bota que pode ser usada em looks mais invernais e com meias. Combine-a com saias e vestidos, mas também com calça e shorts para visuais mais casuais.

 

Estas botas são apropriadas somente para proteger os pés em dia de chuvas ou para festivais de rock. O material emborrachado deixa o look bem esportivo e informal

 

DICAS PARA NÃO ERRAR:


Independente do modelo ou material, as botas podem alongar ou achatar as pernas. Para evitar o efeito indesejado de silhueta cortada, procure usar uma bota da mesma cor que a parte inferior do look. 

. Para as baixinhas, Gloria Kalil dá o caminho: "O ideal é compor looks monocromáticos, isto é: meias, botas e saias nos mesmos tons, para dar a ilusão de uma figura mais longilínea”, sugere Gloria. 

. Também fique atenta no tamanho do cano da bota. Modelos que param sobre a região mais larga da perna só faz aumentar a proporção. 

.  "Quanto mais baixo o salto, mais esportivo o seu uso. Conforme o salto aumenta, você começa a fazer um uso mais social da bota”. Já dizia a Glória Kalil

. CUIDADO: botas, de salto alto ou baixo, não são indicadas para casamentos, recepções oficiais ou ocasiões em que o convite pedir traje passeio completo ou social.

Camila Teixeira, lista abaixo os 5 segredos que você precisa saber para escolher sua bota ideal.

1. Mulheres de perna grossa: devem ter atenção se o cano da bota não aperta a panturrilha ou o tornozelo. “Assim engrossam ainda mais a perna”, afirma Camila. Ela também orienta a tomar cuidado com o salto e o bico fino que podem deixar o visual desequilibrado.

2. Mulheres pluz size: mulheres mais cheinhas devem usar botas com mais volume. “Pois se for um modelo muito delicado pode desequilibrar a silhueta. Então o melhor é fugir de saltos e bicos muito finos”, orienta a consultora.

3. Bota no trabalho: se o ambiente de trabalho for formal, evite usar bota por fora da calça. “O modelo tem que ser mais refinado. Quando usar com saia, dê preferência a looks com tons parecidos entre a bota e a parte inferior da roupa”, detalha Camila.

4. Botas em ocasiões formais: para a consultora, independente da bota ter salto ou não é melhor evitá-las em ocasiões que o traje for passeio completo ou social.

5. Botas no verão: evite as de cano longo e tome cuidado com os outros modelos. “Com as de cano baixo precisamos ter em mente que podem engrossar ou/e encurtar as pernas se usar com shorts sem meia-calça”, alerta Camila.

 

 

Bom passeio!

Beijinhos Julli Crespi

www.facebook.com/julianahcrespi

 

*Material retirado do site Dicas de Mulher e Chic, todas as imagens foram retiradas de pesquisa no google, créditos das imagens: Divulgação.

 

Cano curto e salto alto

Cano curto e salto alto

Cano curto e salto alto

Ankle boot

Open Boot

Open Boot

Cano Altíssimo ou Over Knee

Cano Altíssimo ou Over Knee

Cano alto com salto

Cano alto com salto

Cano alto e salto baixo/ flat

Cano alto e salto baixo/ flat

Montaria

Biker

Biker

Chelsea

Chelsea

Coutry

Coutry

Cano baixo flat

Cano baixo flat

Coturno

Coturno

Franzida

Franzida

Com franjas

Com franjas

Galocha

Galocha

Galocha


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
30/06/2016 - 14h06min

15 coisas sobre maternidade que eu gostaria que tivessem me dito antes de ser mãe.

Olá meu povo, como sabem sou mãe de um #babyboy de 8 meses e pelo fato de ser muito prática tiveram algumas coisas que eu agradeceria se eu tivesse sabido antes de ser mãe que eu gostaria de compartilhar com vocês.

1-      Você não vai dormir direito desde que a barriga começar a crescer, mas calma, logo logo você estará dormindo.

2-      Amamentar é uma das coisas mais maravilhosas do mundo, mas no primeiro mês dói MUITO! Você não imagina como um bebê tão pequeno te judia tanto... mas logo passa e depois volta em mordidas ocasionais quando os dentes começam a nascer. Mas se você não quiser ou não pode amamentar não se culpe, reserve um momento para dar mama só você e o baby.

3-      Aqueles kits bebê para quarto com térmica e vários potinhos, você não vai usar, no máximo a caixa que é uma farmacinha mas mesmo assim você vai ter outro lugar para a farmácia do bebê. Você precisa de um trocador bom e de um lixo, que sá daqueles apoios de berço para por as fraldas. Isso inclui cadeira amamentação (que você não vai usar, você vai sentar em um lugar que é confortavél pra você, prefiro uma rede ou cadeira de balanço) e milhares de decoração azul ou rosa (vocês e o bebê vão se cansar logo).

4-      Aquele trocador com banheira que tem pés, só é valido se você tem espaço em casa e mede mais de 1.70mts.

5-      Eu mesma comprei 2 kits de bolsa de bebê, usei eles 3 meses com o kit maternidade pronto no guarda roupas e se usei 1 mês comigo foi muito, logo me irritei e voltei a usar minhas bolsas, até fiz esse post sobre isso: http://www.olaserragaucha.com.br/blogs/blog-da-julli/9396/Bolsa-Gestante.html

6-      Não crie muitas expectativas...sobre TUDO! Sobre a gestação, o parto, o bebê, seu parceiro, fazer planos são ótimos, mas esteja aberto a tudo, aí você já começa a exercitar o que é a paternidade, ter expectativas mas superar se elas não ocorrerem bem como você planejou. (Meu relato especial, eu mesma sempre quis ter filhos de parto normal, me planejei desde antes de engravidar e durante o trabalho de parto meu bebê parou, sem movimentos pulmonares e teve uma queda brusca nos batimentos, tivemos que ir pra uma cesariana de urgência, quase um ano depois ainda fico triste, mas ainda espero ter um bebê de parto normal. Também não queria que ninguém viesse me ver ou pegar o bebê no colo, mas acho que devido ao susto do parto assim que ele nasceu eu estava super tranquila e deixei todo mundo pegar ele e fiquei super tranquila. Então nem tudo é como você imagina, basta ter calma e respirar fundo.)

7-      Sobre quem viaja e faz o enxoval do bebê fora, pois bem, acho muito válido para comprar artigos de bebê, berço, carrinho, talheres BUT para comprar roupas só acho válido pra quem mora do centro-norte do Brasil, porque do centro-sul é impossível. Por mais que você tenha tido 5 filhos exatamente do mesmo tamanho o 6º pode ser mignon ou bem maior, então a probabilidade de você usar muito pouco ou quase não usar as roupas que você comprou são enormes. Confesso que comprei algumas coisas importadas e que metade consegui usar bem a outra tive que por quando passava uma brisa suave só pra dizer que usei 1x. Amo comprar roupas na Renner o preço é bom, as peças são de qualidade e lindas, tem uma marca aqui do sul que é nova que amei a Kin (www.kinbodies.com.br).

8-      Compra antecipada de bico e mamadeira, gente, nem todo o bebê usa bico e nem todo se adapta com a mamadeira, existem vários modelos de bicos, apesar de ser para eles servirem em qualquer mamadeira nem sempre isso funciona, as vezes o bebê que mama no peito prefere aqueles copos com alças em vez da mamadeira, então deixe para comprar quando você sentir necessidade.

9-      Enquanto você está gravida, não se cobre tanto sobre o que você come, só não coma 2x o que você comeria normalmente e nem se prive de todos os doces que você comia no final de semana. Nem todo mundo tem desejo, ok?

10-   Não perca noites de sono pensando se vocês serão ou não bons pais, apenas tenham em mente que vocês vão tentar ser os melhores pais possíveis, todo mundo erra, basta querer o melhor e tentar ser melhor.

11-   Outras pessoas: Ah Deus, devia haver um livro sobre isso... As pessoas que você acha que vão se meter as vezes são as que mais ajudam e aquelas pessoas que você achava tranquilas vão na verdade meter o terror na sua vida, sim, sempre tem uma pessoinha que você vai começar a manter distancia pra não se incomodar. Mas calma, as vezes o “smile and wave” dos pinguins de Madagascar ajudam muito, deixem falar, vocês sabem o que estão fazendo com o filho de vocês, aceitem apenas as opiniões que acharem boas e as outras pensem um pouco e se não gostarem ponham no lixo mental de ideias não usadas.

12-   O perpétuo, tem muita literatura sobre ele, o tal babyblues, enfim, não tive nada disso, mas sim, tive momentos que eu queria me trancar no banheiro e chorar ou apenas dormir, não se sinta mal por isso, todos pais passam por isso embora nem todos admitam, nem que seja por 10 segundos. Faz parte do processo.

13-   Roupas, eu sei que você quer comprar muitas coisas lindas, porém.... Minha medida ideal de roupas inverno: 10 bodies manga longa, 10 calças de pijama, 5 pijamas quentinhos, 7 conjuntos ou peças separadas de calça e casaco, 2 casacos meia estação, 1 colete e 1 jaquetona. De verão: 10 bodies manga curta, 5 shorts/saia, 6 pijamas, 2 macacões curtos e uns 2 casaquinhos meia estação. Acreditem mais que isso vocês vão acabar perdendo peças sem usar.

14-   Tente ter um “tempinho” pra vocês, tanto como casal como pra você individuo, não se sinta mal, você vai ver que depois que voltar do seu “momento” tudo deu certo e você(s) estão mais felizes. As aspas são porque você nunca consegue se entregar de fato, você vai estar pensando no baby e se está bem e se sentir culpada, mas na volta isso passa e é um exercício de cortar o cordão lentamente.

15-   O que vocês sempre leem por ai mas é a mais pura verdade, ter filhos é uma benção, um processo mágico, surreal e até ilógico (ainda não acredito que posso amar tanto um ser e que esse ser saiu de mim). Aproveitem cada segundinho, até os ruins, vocês vão realmente sentir falta deles em alguns meses.

* Quem se interessar tenho uma conta no instagram para looks de #babyboys, é o @julianahcrespi

 

Beijinhos e aproveitem a viagem

Julli Crespi

 


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
16/06/2016 - 10h12min

Seu melhor amigo, seu celular.

Olá meninas, 

Vocês já pararam pra pensar o quanto seu celular pode te ajudar na hora de se vestir?

Pois bem, hoje vou falar pra vocês alguns truques que você pode usar com seu celular para estar sempre bem vestida.

 

Dá uma conferida nas fotos e se diverte!

Beijinhos Julli Crespi

 

*todas as imagens foram retiradas de pesquisa no google, créditos das imagens: Divulgação. 

Pra começar, sempre de um "confere" nas costas.

Bata fotos para ter certeza que o look ficou bom, e para ter uma visão geral.

Tenha salvo combinações que você achou que ficaram boas, é uma ótima ajuda para dias sem inspiração.

Bata fotos de vitrines com looks que você gostou

ou looks que você pode copiar.

Dê prints e

bata fotos de ideias em revistas.

Quer saber que roupa usou no jantar da empresa ano passado? Ou na formatura do primo? Bata fotos e salve com quando e onde você usou, assim você nunca mais repete o look.

Salve tudo no celular ou crie uma pasta secreta no face, google drive... qualquer lugar que seja prático pra você.


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
21/05/2016 - 08h05min

Parênteses

Olá,

Então, estava eu aqui pensando no que eu podia escrever sobre moda, novidades, tendências.... e me deparei com uma Julli diferente, não sei se foi a maternidade, a crise, a correria, um novo pensamento fashion ou tudo junto.

Mas pra quem não gostava dos looks da Kristen Stewart, notei que não critico mais ela (veja aqui alguns looks http://revistaglamour.globo.com/Moda/noticia/2016/05/de-rebelde-chic-camiseta-chanel-cortada-por-ela-mesma-os-looks-de-kristen-stewart-em-cannes.html ), ela não segue um padrão, se veste como bem entende (mas por favor, se veste bem e com noção das suas medidas, não vamos confundir as coisas, bom senso SEMPRE).

Uma vez identificar uma tendência era algo que surgia naturalmente, eu olhava e já sabia se iria ser must have, a cada estação tinha umas 5 peças no mínimo que eu enlouquecia atrás e que ficava com brotoejas até não conseguir, o que incluía sempre um sapato, uma bolsa, esmaltes, acessórios e claro as peças de roupas (OK deu mais de 5 peças, meu marido que o diga...). Mas aos poucos fui notando que o que eu via nos desfiles não era tão magico, que as novelas pareciam se repetir, que em vez de varias peças eu preferia gastar mais em uma que fosse durar, atemporal e que me fizesse feliz por muitos invernos (ta dai eu achei que estava começando a ficar doente), mas dai pesquisei e muitas pessoas também estavam nessa situação (já falei que pode ser a crise), claro que fazer compras nos deixa feliz, mas fazer uma BELA compra te satisfaz muito mais, você fica feliz quando compra, quando usa e quando usa again and again.

Não acho errado, acho que é este rumo mesmo que a moda deve seguir, o slow fashion, um consumo mais consciente e menos enlouquecido. Não estou dando fim as tendências, por favor não me entenda mal (é só dar uma olhadinha no meu ultimo post), o que eu digo é ter uma que outra peça ícone que você pode comprar mais baratinho e investir em outras peças que você vai querer usar mais vezes (pensando bem, é o que está acontecendo, dando uma volta na Marisa, Renner, C&A, Riachuelo  estas marcas tem as tendências mas todas começaram a oferecer uma primeira linha, peças mais elaboradas, com acabamento especial e um custo um pouco mais alto[ufa! Não estou louca então]).

Gloria Kalil me apoia quando digo que vestir-se bem é a tendência, elegância sempre, conforto é necessário (ninguém fica bem quando está desconfortável), bom senso então é pré requisito na hora de por a roupa pra sair (afinal, estar 90% do tempo bem vestido é 100% fundamental, porque ninguém é perfeito e até a Gisele no auge da sua carreira precisava dos seus 10% de non sense) , entendido?

 

 

Bom proveito e mil beijinhos

Julli Crespi

www.facebook.com/julianahcrespi

 

 *todas as imagens foram retiradas de pesquisa no google, créditos das imagens: Divulgação. 


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
22/04/2016 - 12h36min

Suede, prazer.

O suede estará em alta no Inverno 2016, vocês já virem ele por ai, e com certeza será um dos tecidos mais comentados nessa temporada. Ele é basicamente um tecido que imita o couro em camurça, é leve, tem um lindo caimento, da para usar tanto de dia, quanto de noite. E o melhor de tudo não mata nenhum bichinho, né?

Os tons mais usados serão os terrosos. O caramelo será a cor mais vista, mas o marrom, ferrugem, terra, nude e mostarda também estarão presentes neste tecido. E o preto, cinza e o azul marinho podem também aparecer…

O Suede faz o estilo meio retrô, vintage, boho chic.

E ele virá também com franjas, bordados, aplicações, poderá ser usado com variados acessórios, botas, sapatos, sandálias…

 

Gatinhas, a Renner, Marisa, C&A e Riachuello já estão cheinhas de peças, corram lá!

Beijinhos

Julli Crespi


 *todas as imagens foram retiradas de pesquisa no google, créditos das imagens: Divulgação. 

 

 

Fica lindo com listrado

Ótima combinação com branco

Fica um clássico com azul jeans

Ou aposte no marinho e preto.


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
03/04/2016 - 12h24min

As 10 cores do inverno 2016

Estamos chegando na época mais fria do ano, pra nós aqui no sul ainda mais, mas engana-se quem pensa que o guarda-roupa do inverno precisa ser escuro e sóbrio. Prova disso é o relatório divulgado pela Pantone com as 10 cores que irão influenciar as áreas de moda, arquitetura, design e publicidade, nas duas próximas estações.

A cartela da temporada está seguindo a mesma linha das cores do ano, o Rose Quartz e o Serenity. De acordo com a diretora executiva da marca, Leatrice Eiseman, a paleta “reflete o desejo de tranquilidade, força e otimismo”. Um contraponto ao momento complexo que o mundo vive.

 

 

Beijinhos e aproveitem que todas essas cores já estão a venda em esmaltes :D

Julli crespi
 *todas as imagens foram retiradas de pesquisa no google, créditos das imagens: Divulgação. 

 

 


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
26/02/2016 - 14h55min

Tudo azul... e rosa.

Rosa Quartzo e Serenity são as cores de 2016.

Todo ano a Pantone anuncia as suas apostas, que sempre viram, a cor do ano. Mas para 2016 foram ditas 2 cores, o rosa quartzo e o azul serenity, cores em tons bebê que vão aparecer de unhas á festas de casamento, passando por sua sala, cozinha, bolsa, sapato, cabelo e claro: suas roupas.

 

As duas cores estão lindas sozinhas em tom sobre tom, com branco, bege, lilás, azul marinho... mas combinando elas você não tem como estar mais na moda e sem erros, seguem algumas sugestões de combinações e peças nessas cores. teste um look todo rosa ou azul com os acessórios na outra cor.

 

Beijinhos e bom passeio

Julli Crespi

 

 *todas as imagens foram retiradas de pesquisa no google, créditos das imagens: Divulgação. 

 

Pra não errar na combinação!

Esse vestido fica um arraso com os acessórios da foto anterior.

Inspire-se!


Comentários postados (0) - Deixe seu comentário
PUBLICIDADE PUBLICIDADE

Blog da Julli

Neste fantástico mundo da moda, Julli vai ajudar você a saber quais tendências vão ser "hits", a melhor forma de usar a moda em seu corpo, como aproveitar as liquidações, e até mesmo como adaptar seu guarda-roupa às novas tendências. Tendo sempre uma visão sobre o nosso estado e valorizando as marcas gaúchas.

Aqui você pode fazer perguntas, enviar fotos, pedir matérias, solicitar ajuda sobre com que roupa ir e até mesmo pedir como fazer roupas e acessórios. A Julli está aqui para descomplicar a moda que pode parecer complicada.

Nossa Julli é Julli Crespi, formada em Moda e Estilo pela UCS e Design de produto com ênfase em jóias pela ULBRA, especializada em Moulagem com vários cursos na área de moda e comportamento. Atua como personal Stylist, Capsule Wardrobe, pesquisa de moda, peças personalizadas e como estilista de uma confecção em Caxias do Sul.

Você também vai gostar de ler...